Vida

Atriz francesa acusa Polanski de abuso sexual

Esta não é a primeira vez que o realizador é acusado de um crime de violação.

Valentine Monnier acusou Roman Polanski de a ter violado quando esta tinha 18 anos. A atriz francesa acusou o produtor polaco de a ter atacado “violentamente” durante uma viagem a Gstaad, na Suíça.

A atriz confessou, ao jornal francês The Parisien, nunca ter denunciado o caso por “ter medo de ser assassinada”. A francesa contou se terá recusado a ter relações sexuais com Polanski, mas este não aceitou a recusa. ““Bateu-me até que eu cedi e então violou-me, obrigando-me a fazer todo o tipo de coisas”, conta.

A atriz terá decidido quebrar o silêncio a propósito do lançamento de um filme do realizador, “J’accuse”, que chega aos cinemas franceses na próxima semana.

Esta não é a primeira vez que Polanski é acusado de violação. O realizador foi acusado no final da década de 70 de ter violado uma criança de 13 anos nos Estados Unidos.

<blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Frenchwoman accuses Paris-based film director Roman <a href="https://twitter.com/hashtag/Polanski?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#Polanski</a> of raping her in 1975 when she was aged 18. Says rape occurred at Polanski&#39;s Gstaad chalet. She tells newspaper  alleged rape was &#39;extremely violent&#39;<br> <a href="https://t.co/CN7V9dz9hi">https://t.co/CN7V9dz9hi</a></p>&mdash; Catherine Field (@CatherineField) <a href="https://twitter.com/CatherineField/status/1192917623513780225?ref_src=twsrc%5Etfw">November 8, 2019</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>