Internacional

Homem consegue enganar companhia aérea mas é apanhado no Facebook

"A operação para substituir o gordo Viktor pela pequena Phoebe foi um sucesso - a balança mostrou um valor normal e a assistente deu autorização de embarque, desejando um feliz voo", escreveu no seu perfil de Facebook, o que acabou por se mostrar um erro. 

Um homem russo conseguiu criar um plano para enganar a companhia aérea Aeroflot, no entanto, por pouco tempo. Mikhail Galin tem um gato chamado Viktor, que pesa 10 quilos. O excesso de peso impede o animal de viajar na cabine, onde podem apenas viajar animais que tenham até oito quilos de peso.

Galin tentou diversas vezes explicar à companhia aérea que Viktor não iria sobreviver se viajasse no porão, no entanto, a Aeroloft manteve a decisão de que o animal teria que viajar longe do dono, por questões de segurança.

Assim, o homem russo criou um plano: utilizou a sua conta de Facebook para encontrar alguém que tivesse um gato parecido com o seu mas que pesasse menos de 8 quilos. E conseguiu. Phoebe, uma gata muito parecida com Viktor foi utilizada por Galin para este receber a autorização de embarque. Antes de entrar no avião, porém, Phoebe foi trocada por Viktor. E funcionou.

"A operação para substituir o gordo Viktor pela pequena Phoebe foi um sucesso - a balança mostrou um valor normal e a assistente deu autorização de embarque, desejando um feliz voo", escreveu no seu perfil de Facebook, o que acabou por se mostrar um erro. 

A publicação acabou por chegar à Aeroflot, que decidiu excluir o passageiro do seu programa de regalias para viajantes frequentes e cancelar o seu histórico de viagem, acusando-o de "várias violações deliberadas das regras".

"Esta informação foi confirmada por imagens de videovigilância - durante os procedimentos de inspeção antes do voo, o passageiro pegou num gato grande que se assemelha ao gato das fotografias publicadas", afirmou a companhia através de comunicado, citado pela CNN.