Internacional

Deputada do Vox declara que "feminismo é cancro" | VÍDEO

"Eu faria da costura de botões uma disciplina obrigatória, em vez do feminismo (...) A costura de botões empodera muito", disse.

Alicia Rubio, deputada municipal na Assembleia de Madrid, fez algumas afirmações polémicas sobre a proposta da coligação Unidas Podemos de combate aos estereótipos sexistas nas escolas e a criação de uma nova disciplina de Educação em Valores.  Rubio, eleita pelo partido de extrema-direita Vox disse que, na sua visão, a proposta era uma “tolice” e um “disparate ideológico”.

"Eu faria da costura de botões uma disciplina obrigatória, em vez do feminismo (...) A costura de botões empodera muito", disse. Alicia Rubio decidiu ainda citar um ex-editor do site de extrema-direita norte-americano Breibart,  Milo Yiannopoulos, e declarou que o “feminismo é cancro”, deixando muitos dos presentes na assembleia em Madrid chocados.

Na opinião da deputada, a iniciativa da coligão é enganadora e pode "determinar como a única causa" dos crimes sexistas "a desigualdade de género", algo que para Rubio está errado. "É-se morto por muitas razões, basta ver filmes sobre crimes", disse ela.

“Todos conhecem casos de mulheres que denunciam os maridos para conseguir um acordo melhor em caso de divórcio. Negar isto é como defender que a Terra é plana", acrescentou.   

O partido de extrema-direita Vox passou a ser a terceira força política no parlamento espanhol, depois de mais do que duplicar a sua representação, passando de 24 para 52 deputados.