Vida

Carolina Herrera critica influencers: "Não são o estilo da moda, são o estilo do dinheiro"

A Carolina Herrera é uma das poucas marcas que não se juntou à tendência das influencers.

Carolina Herrera, mundialmente reconhecida no mundo da moda, decidiu falar sobre o crescente número de influencers na indústria. Durante o Latin Fashion Summit, a designer venezuelana não poupou as críticas e deixou claro o seu ponto de vista.

“As influencers são algo que parece muito importante. Eu não o entendo e vou explicar porquê. Para mim, não são o estilo da moda, são o estilo do dinheiro. Não têm o seu próprio estilo. Elas usam o que lhes dão para um show“, começou por dizer, no evento que se realizou na Colômbia.

A estilista, de 80 anos, continuou o seu discurso com algum humor, recordado o seu último espetáculo e o momento em que teve de lidar com algumas influencers.

“Eu pergunto-lhes ‘Que horas são?’ e elas respondem ‘Porque pergunta?’ e eu digo ‘ é que não entendo porque é que todas estas meninas estão vestidas para a noite’. Todas com tule, tiara de brilhantes, outra com um vestido largo…e são dez da manhã. Bom, perfeito“”, afirmou, sendo amplamente aplaudida pelo público.

Mas Carolina Herrera deixou ainda uma crítica às marcas.

“Estas são, supostamente, as influencers que te vão ajudar a vender as tuas coleções”, começou por refletir.

“Elas, que saem do show e mudam de roupa imediatamente para se meterem no show da Michael Kors, ou de quem seja, e vão mudando. Não têm o próprio estilo. Vestem o que lhes dão e para esse momento“, defendeu.

A Carolina Herrera é uma das poucas marcas que não se juntou à tendência das influencers. A empresa continua o seu negócio de forma tradicional, contratando modelos para as suas campanhas.