Internacional

Bebés morrem após serem deixadas no carro pela mãe

As crianças, com um e dois anos, acabaram por morrer, depois de terem ficado várias horas fechadas na viatura.

 Uma mulher está a ser acusada de homicídio por ter deixado as suas duas filhas no carro, no sábado passado, num dia em que os termómetros atingiam os 31 graus Celsius. As crianças, com um e dois anos, acabaram por morrer, depois de terem ficado várias horas fechadas na viatura.

De acordo com as autoridades, que encontraram as duas crianças sem vida no carro, apesar das tentativas dos paramédicos o óbito das meninas foi declarado no local.

Kerri-Ann Conley, de 27 anos, é a primeira pessoa a ser acusada de homicídio por este tipo de casos no estado de Queensland, depois de, em maio, se ter alterado a lei e expandido a definição de assassinato para incluir “indiferença imprudente à vida humana”.

As crianças já se encontravam sinalizadas pelo Departamento de Segurança Infantil. A mulher foi acusada de posse de droga, de acordo com a ABC.

A política australiana Annastacia Palaszczuk apelidou a situação de trágica. “Fiquei de coração partido quando soube do caso”, declarou.