Desporto

Jesus admite que só cinco clubes o podem levar a deixar o Fla: "Se não forem estes não vou"

Treinador português tem contrato até maio de 2020 mas pode acionar uma clásula para sair após o Mundial de clubes

Jorge Jesus está em grande destaque no futebol mundial, com o treinador português a disputar este sábado a final do Mundial de Clubes. 

Depois de ter vencido a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro pelo Flamengo, o amadorense, de 65 anos, pode estar a um passo de tornar-se "rei do mundo". A verdade é que este estuto pode abrir as portas de vários colossos europeus, uma vez que, já sem nada para conquistar em terras de Vera Cruz, Jesus pode ambicionar novos desafios - caso de vir a conquistar uma Champions, como o próprio já deixou em aberto.

Para isso seria logicamente necessário o regresso do ex-treinador de Benfica e Sporting à Europa, algo que só está nos planos caso receba uma proposta de um dos cinco clubes que tem em mente. Pelo menos foi essa a revelação feita pelo treinador luso sobre o seu futuro na antevisão ao duelo com o Liverpool.

"Já treino um dos maiores clubes do mundo, não é é na Europa. Se ganharmos o campeonato do mundo, ganhamos as três maiores provas da época e isso pode abrir alguma janela [para treinar um clube europeu]. Há vários anos que sei o que quero. Abro a minha mão e tenho cinco [dedos] e se não forem estes [clubes] escusam de me procurar que eu não vou", frisou. 

Jesus tem, recorde-se, contrato com o Fla até maio de 2020, mas pode acionar uma clásula para sair após o Mundial de clubes em caso de surgir uma proposta tentadora.

Também Klopp, treinador do Liverpool, deixou um comentário sobre os próximos passos do seu homólogo do Mengão: "Ele pode ir para um clube europeu, se for essa a sua vontade, mas talvez o Rio de Janeiro, por ser uma cidade tão agradável, o atraia e ele queira ficar."

Flamengo e Liverpool defrontam-se este sábado na final do Mundial de Clubes, no Qatar.