Internacional

Polícia brasileira identifica um dos autores do ataque à sede da Porta dos Fundos

O suspeito foi o único que decidiu não esconder a cara durante o ataque.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou, esta terça-feira, um dos suspeitos do ataque à sede da produtora Porta dos Fundo, que aconteceu na madrugada do dia 24 de dezembro. O suspeito é Eduardo Cerquise, um empresário de 41 anos anos. Segundo o jornal Folha de São Paulo o homem foi alvo de um mandado de prisão.

Segundo a mesma publicação, Eduardo Cerquise foi o único dos atacantes que as imagens de segurança captaram que não estava encapuzado. Citado pela publicação, o delegado Marcos Aurélio de Paulo Ribeiro afirmou que "o Eduardo tem um perfil violento e antagónico. Tem livros ligados à religião cristã e ao islamismo, esses dados foram vistos hoje na busca e apreensão. Ele é um empresário de classe média alta”.

O suspeito já é conhecido das autoridades, tendo em conta que em 2013 agrediu o secretário de Ordem Pública do Rio durante uma conferência de imprensa. O delegado acrescentou ainda ao mesmo jornal que quando os outros quatro envolvidos que aparecem nas imagens de videovigilância forem identificados poderão serindiciados por associação criminosa, além de tenativa de homicídio, tendo em conta que quando a sede foi atacada um segurança estava no local.