Desporto

"O futebol português ainda é muito condicionado por fatores que são alheios ao mérito"

Dirigente fez um balanço de 2019.

Jorge Nuno Pinto da Costa utilizou o editorial da mais recente revista Dragões para fazer um balanço de 2019. O presidente do FC Porto classifica o ano que passou como um ano de “contrastes” e aproveitou para deixar algumas críticas.

“Chegamos ao fim de 2019 e a uma época em que é tradicional olhar para trás e a fazer balanços. Prefiro sempre preocupar-me com o futuro, mas também não fujo a esse exercício de retrospetiva", começou por dizer.

"De certa forma, este foi um ano de contrastes para o F. C. Porto. Houve muitos momentos altos, como a qualificação para os quartos de final da competição de clubes mais difícil do mundo, o título europeu de juniores, a fabulosa campanha da equipa de andebol em todas as provas e as conquistas dos campeonatos de hóquei em patins e de bilhar e da Taça de Portugal de basquetebol", acrescentou.

No mesmo texto, o dirigente aproveita ainda para dizer que “o futebol português ainda é muito condicionado por fatores que são alheios ao mérito dos seus principais intervenientes”.

 "Houve, também, a frustração de voltarmos a constatar que o futebol português ainda é muito condicionado por fatores que são alheios ao mérito dos seus principais intervenientes, que devem ser os jogadores e os treinadores. Deixando para trás o ano velho e olhando para o ano novo, não posso ter a certeza de que os imponderáveis que não podemos nem queremos controlar não continuem a ser decisivos, sempre em prejuízo dos mesmos e a favor dos do costume. Ainda assim, porque nunca duvido da capacidade de superação de todos os que trabalham no F. C. Porto, acredito que os próximos tempos serão felizes para os portistas", considerou.

"No que ao futebol diz respeito, somos a única equipa portuguesa que entra em 2020 com a possibilidade de disputar quatro competições, e temos ambições grandes em cada uma delas. Confio plenamente na capacidade dos nossos jogadores e da nossa equipa técnica para enfrentarem todas as dificuldades, e sei bem que poderão contar com o apoio incondicional dos adeptos nesse caminho para o sucesso", rematou.