Vida

Maria Rueff recorda enfarte: "Sentia-me debaixo de um pneu de um autocarro, uma pressão no peito"

Atriz conta que a primeira coisa em que pensou foi que iria ficar sem trabalhar.

No passado mês de novembro, Maria Rueff sofreu um enfarte do miocárdio. Na altura, a atriz partilhou um longo desabafo sobre o que foi um verdadeiro “susto” e, agora, em entrevista à Renascença, no programa As três da Manhã, a artista recordou o episódio.

Maria Rueff começou por pedir desculpa “a quem se assustou” com o problema de saúde que sofreu e confessou depois que também sentiu medo, relembrando que tudo é diferente quando somos nós a passar pelas situações.

"É a primeira vez que falo disto. Eu própria me assustei. Perdi um irmão com o mesmo caso. Há uma forte componente genética, mas há também uma vida de profundo stress. As nossas vidas parecem cor de rosa, divertidas, então de comediantes, mas são vidas de profundo stress", sublinhou Maria Rueff, recordando depois o que sentiu.

"Eu não tive exatamente a sensação de que estava a ter um ataque de coração. Sentia-me debaixo de um pneu de um autocarro, uma pressão no peito. A famosa dor no braço esquerdo é uma espécie de garrote. Eu achava que estava a ter um AVC e que podia ficar sem trabalhar. Só pensava... Como é que eu trabalho?", contou.

A atriz voltou a realçar a importância do papel da filha em toda a situação e agradeceu, mais uma vez, aos profissionais de saúde que cuidaram de si.