Economia

Excedente orçamental recua e fixa-se em 1 209 milhões de euros

Pior rendimento da balança comercial portuguesa nos primeiros 11 meses de 2019 explica queda do excedente orçamental na ordem dos 65%.

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital fixou-se em 1 209 milhões de euros até novembro de 2019, o que compara com 3 415 milhões de euros face ao período homólogo de 2018.

Os dados do Banco de Portugal indicam que “para a redução do saldo contribuíram todas as componentes, à exceção da balança de rendimento primário”. “O défice da balança de bens aumentou 1 622 milhões de euros” face ao período homólogo e “o excedente da balança de serviços diminuiu 507 milhões de euros”, refere a nota.

Nos primeiros 11 meses de 2019, as exportações de bens e serviços cresceram 3,1% (2,8% nos bens e 3,6% nos serviços) e as importações aumentaram 5,8% (4,7% nos bens e 11,1% nos serviços).