Sociedade

Santa Maria. Arrancam os internamentos em casa

Até ao final do ano a hospitalização domiciliária chegará a mais dez hospitais, disse a ministra.   

Começam em fevereiro 
O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte vai arrancar com um projeto de  hospitalização domiciliária, que espera que seja o maior do país dentro de três anos, abrangendo anualmente 1800 doentes.

Duas enfermarias 
No arranque, a administração do Santa Maria e Pulido Valente conta ter seis camas e uma equipa composta por uma dezena de profissionais. No final destes três anos, o número subirá para 50 camas, o equivalente a uma ou duas enfermarias hospitalares.

Todo o SNS até 2021 
Marta Temido, ministra da Saúde, garantiu ontem que todos os hospitais do Serviço Nacional de Saúde vão ter resposta de hospitalização domiciliária “no máximo em 2021”. Atualmente são já 25 os hospitais do SNS que contam com esta valência, que permite uma resposta no domicílio a doentes agudos. Até ao final do ano a hospitalização domiciliária chegará a mais dez hospitais, disse a ministra.