Internacional

Menino de dez meses sofre queda de 2,4 metros em tubo de ventilação

A mãe do bebé decidiu contar o episódio e alertar as pessoas sobre os perigos que podem existir numa habitação para uma criança.

Saydie Reedy decidiu contar um episódio assustador que lhe aconteceu, na passada quarta-feira, e alertar as pessoas sobre os perigos que podem existir numa habitação para uma criança.

Enquanto Saydie estava a lavar a loiça, o seu filho de três anos começou a brincar com o tubo de ventilação e removeu-o. O filho de dez meses da mulher norte-americana acabou por cair no tubo, tendo sofrido uma queda de 2,4 metros, contou ao Good Morning Americana.

A mulher diz nunca ter pensado que os tubos de ventilação pudessem constituir um perigo para os seus filhos. "Eu nem conseguia conceber a ideia de que o meu bebé estava dentro de um tubo", explicou.

Quando se apercebeu da situação Saydie Reedy ligou rapidamente para os serviços de urgência. As autoridades chegaram rápido ao local e começaram a procurar por Kelson nos tubos debaixo da casa e acabaram por conseguir resgatá-lo. O bebé estava apenas sujo e com alguns arranhões, algo que a mãe apelidou de um milagre. 

"Foi um esforço de equipa dos bombeiros de Coburg e da polícia de Coburg, mas este é o homem que tirou o meu gordinho do tubo. Grato pela resposta rápida, e tão abençoada por a história ter tido um final feliz. Obrigado à polícia de Coburg e aos bombeiros!", escreveu Saydie Reedy, numa fotografia onde se pode ver Kelson ao colo do agente que o salvou. 

Saydie e a sua família vivem numa casa, construída em 1920, no Estado norte-americano de Oregon, e ainda estão a renová-la, visto terem-se mudado apenas em agosto.