Sociedade

Homem ficou em coma depois de ter sido brutalmente agredido por segurança privado em Évora

Suspeito tem 20 anos e é segurança privado. Foi agora detido.

Um homem, de 20 anos, segurança privado de profissão, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), suspeito da prática de crimes de homicídio qualificado, na forma tentada e de furto qualificado, no concelho de Évora.

Segundo um comunicado da autoridade, os factos ocorreram na madrugada do passado dia 22 de dezembro, na via pública, no seguimento de uma discussão, “por motivos fúteis”, entre suspeito e vítima, que se conheciam.

“A vítima, um homem com 28 anos de idade, foi brutalmente agredida a pontapé pelo autor, que lhe provocou graves lesões na cabeça, encontrando-se em perigo de vida e permanecendo, desde o dia dos factos, em estado de coma”, explica a PJ.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido imposta a medida de coação de prisão preventiva.