Economia

EDP anuncia reembolso de 69,2 milhões de euros em dívida híbrida

Elétrica anuncia conclusão da recompra de linha de 750 milhões de euros de dívida híbrida. Operação financiada com obrigações híbridas verdes, com taxa de juro de 1,75% e maturidade em 2080.

A EDP avançou para o reembolso antecipado de 69,2 milhões de euros em dívida híbrida, concluindo um processo que previa a recompra de 750 milhões de euros destas obrigações, iniciado há dias.

A 21 de janeiro, a EDP comprou 680 milhões de euros em dívida híbrida com maturidade em 2075. O objetivo do grupo era comprar os 750 milhões de euros emitidos em setembro de 2015, mas os detentores de 69,2 milhões de euros em títulos não aceitaram, na altura, os termos da proposta da empresa gerida por António Mexia.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP anunciou que exerceu a opção de reembolso antecipado, previsto após cinco anos da emissão dos títulos – um processo financiado pelo encaixe obtido com a emissão de 750 milhões de euros em títulos híbridos verdes.

Com esta operação, a EDP substitui a dívida híbrida, com uma taxa de juro superior a 5% e maturidade em 2075, por obrigações híbridas verdes, com uma taxa de juro reduzida de 1,75% e maturidade em 2080.