Economia

MB Way já é o segundo meio de pagamento mais forte em Portugal

Fintech EuPago estima que sejam feitas 650 mil transações em 2020

O MB Way já é hoje o segundo meio de pagamento mais usado pelos portugueses, logo depois do Multibanco que, em termos absolutos, é o que regista maior crescimento em Portugal.

 Os dados contam numa análise à evolução aos pagamentos por MB Way da fintech portuguesa EuPago, que destaca que este tipo de pagamento teve uma quebra de crescimento depois de os bancos terem anunciado as taxas por transação neste sistema de pagamento, em novembro de 2019.

 “Quando os bancos anunciaram as taxas, o MB Way apenas recuperou em junho de 2019 no que se refere à sua taxa de crescimento, depois de um primeiro trimestre que havia estagnado”, explicou José Veiga, co-CEO da EuPago.

 Segundo a análise, o MBWAY manteve-se a crescer desde junho, mas foi no 3.º trimestre de 2019 que consolidou o crescimento, fruto da iminência de épocas de consumo.

 As expectativas para 2020 são positivas: “Esperamos em 2020 atingir 650 mil de transações MBWAY, cerca de 7% do nosso volume de pagamentos”, estima José Veiga.

 

Burlas No entanto, quem usa a aplicação, deve ter alguns cuidados uma vez que a PSP tem alertado para o aumento de burlas. O alerta já tinha sido feito pelas autoridades em novembro, que o repetiram esta semana.

“Não siga instruções de desconhecidos para fazer pagamentos por MB Way”, alerta a PSP, que deixa alguns conselhos: “Se não compreende o funcionamento da aplicação MB Way, recuse o pagamento por esta via”.

Em caso de dúvida, a PSP diz ainda que a melhor opção é perguntar ao banco sobre o funcionamento desta forma de pagamento.