Internacional

Maior icebergue do mundo vai entrar no Atlântico e é esperado despedaçar-se

A plataforma de gelo, sete vezes maior que a cidade de Nova Iorque, tem 200 metros de espessura.

O maior icebergue do mundo, que se separou da península da Antártida em 2017, está prestes a entrar no Oceano Atlântico, através de uma rota que os cientistas designam como “Corredor dos Icebergues”.

A plataforma de gelo, com 6 mil quilómetros quadrados, tamanho equivalente a sete vezes a cidade de Nova Iorque, tem-se movimentado para norte desde a separação. No primeiro ano, o A68, como é denominado, não se movimentou quase nada e, desde que se separou – algo que os cientistas já esperavam acontecer há dez anos – não perdeu quase volume nenhum, tendo a sua estrutura se mantido praticamente intacta.

O A68, que se encontra a 63 graus de latitude sul e, por isso, no limite da área abrangida pela Antártida, deverá agora, segundo os cientistas, fragmentar-se em vários blocos. Devido às águas agitadas do Oceano Glaciar Antártida, os 200 metros de espessura – relativamente finos para um icebergue – não deverão resistir.

Recorde-se que alguns dos maiores icebergues da Antártida conseguem chegar ao Território Ultramarino Britânico da Geórgia do Sul, a 54 graus de latitude sul. O maior icebergue alguma vez registado, o B15, tinha uma área de 11 quilómetros quadrados.