Internacional

Cidadãos chineses proibidos de entrar na Rússia a partir de quinta-feira

Esta medida tem como intuito impedir a propagação do novo coronavírus.

A Rússia anunciou, esta terça-feira, que irá proibir a entrada de cidadãos chineses no país, a partir dsta quinta-feira. "A entrada de cidadãos chineses através das fronteiras governamentais russas fica suspensa a partir de 20 de fevereiro para as viagens de trabalho, as viagens privadas, os estudos e o turismo", indicou Tatiana Golikova, vice-primeira-ministra responsável pela Saúde, citada pelas agências noticiosas russas.

Esta medida tem como intuito impedir a propagação do novo coronavírus, que já provocou a morte de mais de 1800 pessoas e deixou mais de 70 mil infetadas, em todo o mundo. 

Recorde-se que no mês passado o primeiro-ministro russo decidiu fechar a fronteira da Rússia com a China temporariamente e suspender todas as ligações ferroviárias e restringir ao número de voos entre os dois países.