Internacional

"Se vir este homem, por favor contacte o FBI". Imagem do príncipe André em autocarro gera polémica em Londres

A mensagem é das vítimas do multimilionário Jefrrey Epstein, amigo do filho de Isabel II.

Um autocarro escolar amarelo está a gerar polémica em Londres. Tudo devido a um anúncio, feito pela advogada norte-americana das vítimas de abuso sexual do multimilionário Jefrrey Epstein, Gloria Alreed, colocado na lateral do veículo que está a circular à frente do Palácio de Buckingham, esta sexta-feira. No autocarro pode ver-se a imagem do príncipe André e um aviso à população: " Se vir este homem, por favor diga-lhe para ligar ao FBI e responder às perguntas que têm para lhe fazer”. Em causa está a investigação do FBI a Epstein e a falta de colaboração por parte do filho da Rainha Isabel II.

Durante uma conferência realizada no Supremo Tribunal de Nova Iorque, Alreed apelou mais uma vez ao apoio do príncipe André.“Os meus clientes merecem a verdade. A justiça foi-lhes negada tantas vezes, durante tantos anos. Não haverá justiça sem a verdade. E não haverá verdade a não ser que o príncipe André pare de se esconder do FBI e do público. Isto é inaceitável”, declarou. “Eu imploro-lhe. Faça o que é certo e pare de envergonhar a sua família — a rainha e as suas filhas. Se não fez nada de mal, então fale simplesmente com o FBI”, acrescentou.

Recorde-se que o príncipe André abandonou todas as suas funções públicas, em novembro do ano passado, depois de ter sido envolvido no crime de Epstein, acusado de controlar um esquema de tráfico sexual e abuso sexual de menores. O príncipe foi acusado de abuso sexual por Virginia Giuffre, enquanto esta ainda era menor de idade.