Vida

Mulher gasta milhares de euros em fraldas para viver como um bebé adulto

Estilo de vida insólito é pago pelos subscritores do canal de You Tube dedicado ao infantilismo.

A norte-americana Paigey Miller, de 25 anos, acorda todos os dias na sua cama de grades, troca a fralda e brinca com os seus bebés.

É esta a rotina a que obriga um bebé adulto, um estilo de vida que só consegue graças aos 426 subscritores do seu canal de You Tube. Só em fraldas, Paigey Miller gasta mensalmente mais de 270 euros, segundo o jornal inglês Mirror.

O objetivo da jovem é normalizar este estilo de vida, que adotou em 2018. Paigey espera poder ajudar outras pessoas que tenham esta fantasia, fazendo com que sintam menos vergonha, ao mesmo tempo que angaria fundos para pagar as despesas que um dia a dia dominado por fraldas e biberões, através da criação de conteúdos dedicados ao ‘infantilismo’.

“Todos os dias recebo emails de pessoas a agradecerem o facto de ser tão assumida como sou”, afirmou a norte-americana ao Mirror.

“Muitas pessoas não percebem por que um adulto quereria viver como uma criança. Tem tudo que ver com a mentalidade de deixar que pequenas coisas te tragam alegria”, explicou, esclarecendo: “Continuamos a ser adultos funcionais, temos de fazer as coisas normais de um adulto, como pagar as contas, mas temos também a responsabilidade adicional de manter este estilo de vida”.

Paigey Miller adiantou ainda que este estilo de vida não afeta a sua vida amorosa. Apesar de o seu namorado, de há cinco anos, não partilhar a fantasia de ser um bebé adulto, ele apoia-a.

Sublinhe-se que a adoção deste estilo de vida de fraldas, berços e biberões é a manifestação mais visível do ‘infantilismo’, uma patologia de nível psicológico, que consiste no desejo ou na excitação de alguém ao usar produtos de bebés, ou ao ser tratado como um.