Vida

"O Miguel chegou a levar-me bêbada para casa"

Atriz recordou a importância do filho mais velho, Miguel Raposo, após a separação de José Raposo.

Maria João Abreu foi a primeira convidada de Bárbara Guimarães no programa 24 Horas de Vida, da SIC, e acabou por falar sobre um dos episódios mais complicados da sua vida, após o divórcio de José Raposo. A atriz recordou a importância do filho mais velho, Miguel Raposo, nessa fase da sua vida.

"O Miguel nunca me desiludiu, esteve lá sempre, mesmo sem eu pedir. Mesmo sem eu dizer 'socorro', o Miguel previa, e durante um ano, ele andou comigo ao colo, foi o pai do irmão [Ricardo Raposo]", lembrou a atriz, acrescentando ainda que o filho nunca a deixou sozinha e a levava a festas pata se divertir.

"O Miguel chegou a trazer-me bêbeda para casa e cuidou de mim”, confessou.

"Sim é verdade. Houve momentos em que tive de beber, dançar... Depois chegávamos a casa e ficávamos os dois, a falar. Chegava a dizer-lhe que não presto, que sou uma porcaria… e ele apoiou-me sempre. Ele disse-me coisas que eu já lhe tinha dito, e que me esqueci. Ele relembrou-me. Se não fosse este filho, eu não tinha sobrevivido", acrescentou.

Recorde-se que Maria João Abreu e José Raposo, com quem a artista admite ter uma "relação maravilhosa", têm dois filhos em comum, Miguel e Ricardo.