Desporto

Cervi revela que Benfica entrega comida em casa dos jogadores

O jogador mostrou-se ainda confiante nas medidas tomadas pelo Governo português.

Franco Cervi disse, esta segunda-feira, que depois dos jogos da Liga terem sido cancelados, os treinos continuam na casa de cada um, visto todos estarem em isolamento social. Além disso, a direção do clube dos encarnados certificou-se que os jogadores não correm nenhum risco. E por isso entregam comida em casa dos mesmos, para que estes evitem sair de casa ao máximo. 

"Vamos ficar 14 dias de quarentena. Saímos apenas para passear um pouco. Os supermercados são complicados, há muito contacto e é perigoso. O clube traz-nos comida para não termos de lá ir", explicou, em entrevista à ESPN.

Cervi mostrou-se ainda confiante nas medidas tomadas pelo Governo português e preocupado com a situação na Argentina. "A situação está muito pior em Itália e Espanha. Aqui está a agravar-se, mas Portugal precaveu-se e tomou as medidas necessárias rapidamente. Estou a acompanhar o que se está a passar na Argentina e estou preocupado porque tenho aí família e amigos", confessou.