Economia

Apesar do abrandamento, preço das casas cresceu 9,6%

Preço das casas aumentou em 2019 mas o crescimento foi menor do que eu 2018.

O preço das casas em Portugal registou um crescimento de 9,6% no ano passado, revelou o Instituto Nacional de Estatística que revela que a taxa de variação foi 0,7 pontos percentuais menor do que em 2018. Ou seja, apesar do crescimento do ano passado, o preço das casas registou um crescimento menor em 2019 do que em 2018.

O INE explica ainda que os preços das casas existentes apresentaram um aumento anual acima do esperado para novas habitações, 10,1% e 7,6%, respectivamente.

Nos últimos três meses do ano passado, o crescimento dos preços das habitações existentes foi de 9,8%, o dobro da taxa de variação observada para novas habitações (4,9%).

No total, avança o gabinete estatístico, foram transacionadas 181.478 residências em 2019, o que representa um aumento de 1,6% em relação ao ano anterior. Nesse período, o valor das transações totalizou 25,6 mil milhões de euros, um aumento de 6,3% face ao ano anterior.

No 4º trimestre de 2019, foram realizadas 49.232 transações, resultando numa taxa de variação homóloga de 6,1% e um aumento de 7,4% em relação ao trimestre anterior. Em valor, as transações totalizaram 6,9 mil milhões de euros, 12,2% a mais que no mesmo período de 2018, avança o INE.

No entanto, o gabinete de estatística explica que estas informações ainda não reflectem a atual situação determinada pela pandemia covid-19. “Espera-se que as tendências analisadas mudem substancialmente”, explica.