Internacional

Cidadãos brasileiros revoltam-se com decisão de Bolsonaro e Presidente recua

Jair Bolsonaro tinha aprovado uma medida que permitiria o não pagamento de salários por parte das empresas durante o período de calamidade pública. 

Ao mesmo tempo que Jair Bolsonaro desvaloriza a pandemia do novo coronavírus, o Presidente do Brasil decretou uma medida provisória, na noite de domingo, que permitiria o não pagamento de salários por parte das empresas durante o período de calamidade pública. Horas depois de ter decretado essa medida, a chuva de críticas fez com o que o Presidente recuasse.