Desporto

FIFA propõe cinco substituições a cada equipa por jogo

Medida está sujeita à aprovação do conselho International Football Association Board e das Ligas (IFAB).

 

Com o regresso às competições ainda a ser estudado, e num momento em que se espera que o calendário seja mais preenchido para recuperar o tempo perdido nos vários campeonatos, suspensos desde março devido à pandemia de covid-19, a FIFA apresentou uma proposta no campo das substituições.

O organismo que tutela o futebol mundial propõe aumentar para cinco o número de substituições possíveis num jogo. As equipas poderão fazer as substituições num máximo de três jogadores de cada vez ou ao intervalo, de forma a tentar evitar paragens desnecessárias.

"Quando as competições recomeçarem, é provável que as equipas enfrentem um calendário de partidas muito preenchido e com uma frequência de jogos maior que o normal durante semanas consecutivas", referiu um porta-voz da FIFA.

"Uma preocupação a esse respeito é que a frequência das partidas pode aumentar o risco de possíveis lesões devido à sobrecarga do jogador", acrescentou.

"Diante disso e do desafio único enfrentado globalmente na conclusão das competições de acordo com o calendário originalmente previsto, a FIFA propõe que um número maior de substituições seja temporariamente permitido, a critério do organizador da competição", rematou.

Esta alteração está agora sujeita à aprovação do conselho International Football Association Board (IFAB) e das Ligas.