Sociedade

Jovem que assassinou os tios em Santiago do Cacém fica em prisão preventiva

Os outros dois jovens que tinham sido detidos foram libertados.

O jovem de 17 anos, suspeito do duplo homicídio de um casal, com cerca de 80 anos, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém, ficou em prisão preventiva.

Segundo o Jornal de Notícias, o jovem, sobrinho do casal que este sábado foi encontrado degolado em casa, ficou em prisão preventiva. Contudo, os outros dois detidos, um rapaz e uma rapariga, de 17 e 16 anos, respetivamente, foram libertados, por não terem tido qualquer envolvimento no crime.

Os jovens estariam apenas com o suspeito numa viatura, que este furtou aos idosos, e com a qual se acabou por despistar.

O crime terá ocorrido ao final da noite de sexta-feira e os cadáveres do casal foram descobertos na madrugada de sábado por uma neta das vítimas, depois de os avós não atenderem o telemóvel.

A investigação do duplo homicídio está a cargo da Polícia Judiciária.