Sociedade

Toureiros acorrentados à porta do Campo Pequeno

Cavaleiros e forcados acusam Governo de discriminar a tauromaquia na retoma das atividades culturais


Os cavaleiros tauromáquicos António Telles, Luís Rouxinol, Rui Fernandes e o antigo cabo dos Forcados Amadores de Lisboa José Luís Gomes acorrentaram-se ao portão da praça de toiros do Campo Pequeno durante esta manhã e acusam o Governo de discriminar a tauromaquia.

Os artistas tauromáquicos estão a protestar por terem sido reabertas todas as atividades e espetáculos culturais com a exceção da tauromaquia. “Só podemos interpretar esta situação como forma de cesura e discriminação, o que é inaceitável em pleno século XXI”, disse o secretário-geral da PróToiro, Hélder Milheiro. O protesto segue esta tarde com uma concentração de vários artistas tauromáquicos. 

Os representantes da tauromaquia lamentam ainda que a ministra da Cultura, Graça Fonseca, não tenha respondido aos pedidos do setor para uma reunião sobre a retoma das corridas de toiros.

 

Os comentários estão desactivados.