Sociedade

Funcionária infetada com covid-19 leva ao encerramento de escola em Faro

Além da suspensão das atividades escolares, os funcionários estão a cumprir quarentena "para se tentar perceber quem manteve contactos com a colega".


Uma funcionária da Escola Secundária Pinheiro e Rosa, em Faro, testou positivo ao novo coronavírus, o que levou ao encerramento do estabelecimento de ensino, esta quinta-feira. A decisão foi tomada pelo agrupamento escolar e não por indicação da Autoridade Regional de Saúde do Algarve, segundo uma fonte da autarquia citada pela Lusa. 

Além da suspensão das atividades escolares, os funcionários estão a cumprir quarentena "para se tentar perceber quem manteve contactos com a colega", de acordo com declarações do diretor do agrupamento escolar, Francisco Soares, à mesma fonte. Também outros contactos próximos da mulher estão a ser acompanhados pelas autoridades de saúde, para controlar a transmissão da covid-19 na região. 

De modo a que os alunos do 12.º ano não deixem de ter aulas presenciais, numa altura em que os exames nacionais se aproximam, irão passar a ter aulas numa escola do mesmo agrupamento, a EB 2,3 Neves Júnior, "com outros funcionários".

A Escola Secundária Pinheiro e Rosa irá ser desinfetado pelos Bombeiros Sapadores de Faro para garantir que o regresso ao estabelecimento seja seguro.

Recorde-se que nos últimos dias a preocupação aumentou sob a região do Algarve, depois de uma festa ilegal em Lagos originar um novo surto de covid-19.