Desporto

OMS critica festejos em Nápoles: "Dói ver estas imagens"

Já o presidente da câmara da cidade de Nápoles, Luigi di Magistris, respondeu às críticas afirmando que, esta quarta-feira, “ganhou o contágio da felicidade".

Esta quarta-feira à noite, o Nápoles conquistou a Taça de Itália, após a vitória sobre a Juventus, e milhares de pessoas saíram à rua para celebrar. Depois das imagens, que mostram os festejos sem qualquer distância de segurança, o diretor-geral adjunto da Organização Mundial da Saúde (OMS) falou em "irresponsabilidade".

"Neste momento, não podem ser permitidas aglomerações de pessoas [como esta]", lembrou Ranieri Guerra, em declarações à estação televisiva RAI.

"Dói-me ver estas imagens", admitiu, recordando que o jogo da Liga dos Campeões entre a Atalanta e o Valência, disputado em 19 de fevereiro, foi apontado como um dos grandes focos de contágio da covid-19 na Europa, sobretudo em Espanha e Itália, dois dos países mais afetados pela pandemia.

Já o presidente da câmara da cidade de Nápoles, Luigi di Magistris, respondeu às críticas afirmando que, esta quarta-feira, “ganhou o contágio da felicidade".