Internacional

Espanha confirma mais 1.177 óbitos em relação aos dados de há 12 dias

Oposição acusou o Governo de Sánchez de esconder o número real de mortos por covid-19.

O Ministério da Saúde de Espanha atualizou, esta sexta-feira, o número de mortes associadas ao coronavírus com um acréscimo de 1.177 óbitos. O valor total de vítimas mortais de covid-19 no país, que permanecia inalterado há 12 dias, é agora de 28.313, registados desde o início da pandemia.

O diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias, Fernando Simón, explicou que o novo balanço foi feito após as diversas comunidades do país terem aprovado os dados dos casos de forma individualizada. No entanto, ainda não está incluída a informação relativa aos óbitos das últimas 24 horas.

Recorde-se que o número oficial de mortos mantinha-se inalterado há quase duas semanas, depois de os métodos de contagem de casos e de mortes terem sido alterados no final de maio.

A mudança de critério que levou à aparente estagnação do número de mortes em Espanha, foi vista pela oposição do Governo de Pedro Sanchez como uma tentativa de ocultar o impacto real da epidemia no país.