Sociedade

Mulher recusa fazer teste de despiste à covid-19 no hospital e é apanhada pela PSP

O caso ocorreu na Figueira da Foz.

Uma mulher com suspeitas de estar infetada com covid-19 fugiu, esta quarta-feira, do Hospital Distrital da Figueira da Foz (HDFF), enquanto aguardava a realização de um teste de despiste à doença. A PSP acabou por levar a vítima de volta para o hospital, por estar a cometer um atentado contra a saúde pública, de acordo com uma fonte hospitalar e policial, citada pela TVI24.

A mulher de 65 anos apresentava um "comportamento desajustado" de acordo com uma nota da unidade hospitalar enviada à Lusa. Visto ter uma "sintomatologia compatível" com covid-19/infeção respiratória os médicos decidiram que esta deveria ser submetida a um teste ao novo coronavírus, algo a que a mulher se recusou e abandonou de imediato o hospital. O HDFF decidiu agir e avisar o delegado de saúde da Figueira da Foz e a PSP.

As autoridades acabaram por encontrar a mulher ao ínicio da tarde, num terminal de autocarros, onde esta aguardava para apanhar um transporte para casa. De acordo com uma fonte policial a mulher foi levada para o hospital numa ambulância especialmente equipada para transportar doentes com suspeitas de infeção por covid-19.