Internacional

Black Lives Matter. Estátua de mulher negra foi retirada em menos de 24 horas

A escultura de Jen Reid substituiu a estátua de Edward Colston, um comerciante que ganhou dinheiro através do tráfico de escravos africanos, quefoi retirada durante um protesto do movimento Black Lives Matter.

A estátua da manifestante Jen Reid, que ajudou a derrubar a escultura de Edward Colston, um comerciante de Bristol que se tornou rico através do tráfico de escravos africanos, que foi retirada durante uma manifestação do movimento Black Lives Matter, ficou erguida menos de 24 horas. Esta quinta-feira, trabalhadores camarários reuniram-se e retiraram a escultura em homenagem à mulher negra.

A escultura de Jen Reid, intitulada “A Surge of Power”, é da autoria do artista Marc Quinn. O artista contemporâneo britânico Marc Quinn decidiu utilizar a imagem de Reid, depois de ver várias fotografias na internet, com o punho fechado, para eternizar o momento. “Achei aquilo incrível. Ela deu vida a uma obra de arte extraordinária apenas com esse gesto. Precisava de ser cristalizada num objeto e recolocada no pedestal antes ocupado por Edward Colston”, disse o artista à imprensa internacional.

Em comunicado, a autarquia de Bristol adiantou que a estátua vai “ser guardada no museu para que o artista a possa recolher ou doá-la” à coleção da autarquia.