Sociedade

Bombeiro morre após paragem cardiorrespiratória durante fase de rescaldo de incêndio

Operacional de 34 anos combatia um incêndio em Arrabal, Leiria. Sentiu-se mal, ficou inconsciente e acabou por morrer no hospital.

Um bombeiro de 34 anos morreu este sábado à noite depois de ter sido um dos operacionais no combate a um incêndio na freguesia de Arrabal, em Leiria, tendo entrado em paragem cardiorrespiratório durante as operações de rescaldo.

Segundo avançou a Lusa, que cita o comandante Pedro Araújo, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o operacional dos bombeiros voluntários de Leiria encontrava-se no local do incêndio quando se sentiu mal, tendo ficado insconsciente.

O incêndio já havia sido dado como dominado, teve uma reativação, mas acabou por entrar em fase de resolução durante a tarde deste sábado. O óbito foi dado como confirmado pelo hospital.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Leiria, o bombeiro, que fazia parte daquela corporação há 16 anos, era "um operacional de excelência".