Internacional

Covid-19. Estudo mostra que vacina desenvolvida por Oxford é segura e produz resposta imune

O fármaco foi desenvolvido pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica Astrazeneca.

A vacina que está a ser desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca terá mostrado bons resultados no combate contra o novo coronavírus. Segundo os resultados do estudo, publicados na revista científica The Lancet, a vacina será segura.

De acordo com a publicação, a vacina começou a ser testada em abril em cerca de mil pessoas, tendo metade recebido o tratamento e a outra metade um placebo. A vacina provocou uma resposta imunitária em pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 55 anos, e, segundo a publicação, fez com que o organismo produzisse anticorpos e linfócitos T até 56 dias depois de terem recebido o fármaco.

Os efeitos secundários que surgiram foram considerados "reduzidos", podendo ser aliviados com a toma de paracetamol. O ensaio serviu para avaliar a segurança da vacina, e também para perceber o tipo de resposta que provocaria. Esta parceria foi uma das primeiras a iniciar ensaios clínicos em humanos.