Vida

Kim Kardashian quebra silêncio após rumores de divórcio e fala sobre a doença mental do marido

“Aqueles que entendem o que é a doença mental ou comportamento compulsivo, sabem que a família não tem poder"

A mulher de Kanye West emitiu um longo comunicado, após terem surgido rumores de que o divórcio estaria iminente, no qual refere que o marido “é um homem brilhante, mas complicado".

No texto, Kim Kardashian explica que quis sempre manter o tema da bipolaridade do marido, confirmada em 2018, na esfera privada, pois é "muito protetora com os filhos e com a saúde mental do Kanye". Mas tendo em conta as polémicas mais recentes, a mulher do músico sentiu-se impelida em abordar o assunto.

"Como muitos de vocês sabem, o Kanye tem doença bipolar. Eu entendo que o Kanye esteja sujeito a críticas por ser uma figura pública e as suas ações, por vezes, podem causar opiniões e emoções fortes. É um homem brilhante, mas complicado", escreveu Kardashian casada com o músico desde 2014.

“Aqueles que entendem o que é a doença mental ou comportamento compulsivo, sabem que a família não tem poder a não ser que a pessoa seja menor de idade", sublinhou.

Kim Kardashian fez também questão de referir que a doença de Kanye West está relacionada "com as pressões que sente por ser artista e um homem negro", mas também com a morte da sua mãe.

A terminar deixou um apelo: "Peço aos media e ao público que nos deem a compaixão e empatia necessárias, para que possamos ultrapassar isto”.

Veja o comunicado na íntegra, originalmente publicado nas Stories do Instagram de Kim Kardashian.