Sociedade

Portugueses que viajem até à Galiza vão ser obrigados a registarem-se à chegada

As autoridades galegas fizeram uma lista com vários territórios que consideram ter uma taxa alta de contágio de covid-19. 

As autoridades de saúde galegas anunciaram, esta terça-feira, que cidadãos de várias nacionalidades e regiões necessitam de se registar à chegada do país, devido à situação epidemiológica sentida no país de origem, de modo a conter a propagação da covid-19. Portugal é um dos 130 territórios mencionados pelas autoridades galegas. 

A partir de agora, os visitantes devem comunicar vários dados pessoais, no espaço de 24 horas, caso venham de algum país que conste da lista de países onde existe um maior risco de contágio do novo coronavírus, na visão das autoridades de saúde espanholas.  

Esta medida já foi publicada no Diario Oficial de Galicia e entra em vigor à meia-noite desta terça-feira, de modo a "fazer frente aos riscos de novos surtos decorrentes da chegada à Comunidade Autónoma da Galiza de pessoas procedentes de outros territórios", pode ler-se no decreto. 

A comunicação da chegada à Galiza e o registo dos contactos deve ser feito online, através do endereço https://coronavirus.sergas.gal/viaxeiros, ou por telefone 881002021, "independentemente da presença ou não de sintomas", de acordo com a nota.