Internacional

Lula da Silva sugere que Bolsonaro inventou ter covid-19 para promover hidroxicloroquina

"Se o Brasil tivesse feito o que o bom senso ordena, não estaríamos com 90.000 cadáveres, o que torna Bolsonaro um genocida", afirmou.

Lula da Silva sugeriu, esta quinta-feira, que Jair Bolsonato inventou estar contaminado com o novo coronavírus para promover a hidroxicloroquina.

“Acho que o Bolsonaro inventou que estava contaminado para anunciar o remédio. Não sei se ele é um parceiro, mas ele se comporta como se fosse o dono da fábrica que faz o remédio", disseo antigo Presidente do Brasil, durante uma conferência de imprensa virtual com correspondentes estrangeiros.

Para além de colocar em causa se Jair Bolsonaro foi ou não infetado pelo novo coronavírus, Lula deixou críticas à liderança de Bolsonaro durante a pandemia.

"Se o Brasil tivesse feito o que o bom senso ordena, não estaríamos com 90.000 cadáveres, o que torna Bolsonaro um genocida", afirmou, acusando o atual presidente de “menosprezar” o perigo do novo coronavírus e ignorar recomendações médicas, incluindo a obrigatoriedade das quarentenas.

"O Presidente não se esforça para agradar a ciência e ouvir os cientistas, ele faz uma política em que somente ele e os milicianos que lidera acreditam", acrescentou.

Recorde-se que, esta quinta-feira, o Governo brasileiro anunciou que Michelle Bolsonaro, a primeira-dama do país, testou positivo para a covid-19.