Sociedade

MP instaura inquérito ao surto de Mora

O número de casos de covid-19 subiu, esta sexta-feira, para 54.

O Ministério Público instaurou, esta sexta-feira, um inquérito relacionado com um surto de Mora, segundo avançou a TVI. De acordo com a estação de Queluz, o inquérito será conduzido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

"O inquérito tem por objeto uma situação concreta relacionada com o surto de Mora, no âmbito do qual não deixarão de ser investigados todos os factos que chegarem ao conhecimento do Ministério Público e que sejam suscetíveis de integrarem a prática de crime", segundo fonte oficial da Procuradoria-Geral da República explicou à estação.

Esta sexta-feira, o número de pessoas infetadas na vila alentejana subiu para 54, o que significa que entre ontem e hoje houve mais quatro casos. Segundo o presidente da Câmara, permanecem internados cinco doentes, quatro deles nos cuidados intensivos e um em enfermaria.

O autarca já tinha anunciado esta quinta-feira que os testes de rastreio à doença realizados nos lares do concelho, nomeadamente nos de Mora, Cabeção e Pavia, "deram negativo", faltando apenas "receber os resultados do de Brotas". "Os testes aos bombeiros de Mora também foram realizados na quinta-feira, os militares da GNR já foram todos testados e a operação de testagem na comunidade continua a decorrer", explicou.

O surto em questão surgiu no dia 9 de agosto, dia em que foram confirmados três casos positivos na comunidade e, desde aí, todos os dias há novos casos de infeção.