Sociedade

Jogos da seleção nacional vão ser "testes-piloto" para regresso dos adeptos aos estádios

Graça Freitas adiantou que as cerimónias do 13 de outubro em Fátima vão ter peregrinos e que o Santuário vai divulgar esta quarta-feira as medidas recomendas pelas autoridades de saúde. Marta Temido admitiu que as brigadas dos lares vão afinal ter menos profissionais do que inicialmente previsto.

A conferência de imprensa das autoridades de saúde desta quarta-feira, sobre o balanço diário da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal, contou com a presença da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, da ministra da Saúde, Marta Temido. Foram abordados vários assuntos, como os cuidados médicos dos doentes não covid-19, o regresso do público aos estádios e as celebrações do 13 de outubro. 

A ministra da Saúde afirmou que o Serviço Nacional de Saúde está novamente a conseguir garantir melhores cuidados assistenciais aos doentes não covid-19 depois da "suspensão da atividade não urgente" em março : "Verifica-se uma tendência de recuperação nos cuidados de saúde primários, na atividade assistencial, nas intervenções cirúrgicas". Por outro lado, Marta Temido admite que os valores estão longe dos atingidos no ano de 20019 visto este ter sido "um ano excecional".

Nos cuidados primários, em agosto foram realizadas menos 920 mil consultas (- 4,4%) do que no ano passando, sendo que esse valor em julho era de -5,9%. Quanto às consultas hospitalares, em agosto de 2020 foi realizado menos 1 milhão de consultas (-12,6%). Em julho o valor estava nos -13,6%. Também nas "intervenções cirúrgicas" "havia menos 100 mil (- 22,2%)" do que no período homólogo e em julho o indicador era de -24,2%. 

Em relação aos internamentos, que têm vindo a aumentar, Marta Temido afirma que as regiões com mais casos são o Porto e a região de Lisboa e Vale do Tejo. "Relativamente a camas afetas a covid em LVT há 361 internados em 539 camas disponíveis e o hospital Beatriz Ângelo é o que tem maior pressão. Em 89 camas de UCI em LVT, há 66 utentes internados, e a maior pressão é no Centro Hospitalar de Lisboa Central. No norte: 162 internados em 311 camas para covid-19, 33 internados em 75 camadas de UCI. Capacidade é sempre expansível em função das necessidades", explica.

O regresso dos adeptos aos estádios foi outra das questões abordadas. Marta Temido esclareceu que o jogo do Santa Clara [frente ao Gil Vicente] "envolve uma equipa da região autónoma dos Açores e insere-se na esfera das autoridades regionais", no entanto, Graça Freitas afirma que irão ser realizados "dois testes-piloto", de forma gradual, no continente, em jogos da seleção, que são considerados de menor risco. Em causa está o jogo Portugal-Espanha, onde será permitida 5% da lotação, e Portugal-Suécia, que irá ter 10% da lotação. "Vamos observar comportamento do público", disse a responsável.

Graça Freitas falou sobre as celebrações do 13 de outubro e garantiu que vão existir peregrinos no santuário de Fátima. "Hoje será publicado pelo próprio Santuário um parecer que foi dado pelas autoridades de saúde", onde serão indicadas as medidas de segurança, afirmou a diretora-geral da Saúde. 

Em relação aos lares de idosos, as brigadas de intervenção rápida vão começar em outubro. "Serão cerca de 60 enfermeiros e 200 ajudantes de ação direta", afirma Marta Temido, esclarecendo que o número de profissionais envolvidos é menor do que o previsto mas haverá apoio preventivo de médicos e técnicos de saúde em regime não presencial.