Internacional

Trump hospitalizado devido a covid-19

Divulgado cocktail de anticorpos que está a ser usado como tratamento específico de Donald Trump.

O Presidente dos Estados Unidos tinha febre, tosse e congestão nasal, mas um agravamento dos sintomas de covid-19 terá sido a razão pela qual foi decidido que Donald Trump passará os próximos dias sob observação num hospital. Casa Branca diz que se trata apenas de uma “medida de precaução”.

Pouco antes tinha sido divulgado um comunicado escrito pelo médico da Casa Branca, que dava conta de que Trump recebeu um cocktail experimental de anticorpos. "Na sequência da confirmação, por teste PCR, do diagnóstico do presidente, como medida de precaução, Donald Trump recebeu uma dose única de 8 gramas do cocktail de anticorpos policlonais da Regeneron", informou Sean P. Conley.

"Além dos anticorpos policlonais, o presidente está a tomar zinco, vitamina D, famotidina, melatonina e uma aspirina diária", indicou ainda o médico, sublinhando que o Presidente era considerado um doente de risco por causa da idade e do peso.

Já a primeira-dama, Melania Trump, "continua bem, apenas com uma tosse ligeira e dor de cabeça". Ambos estão a ser avaliados por uma equipa de especialistas, que recomendará os "próximos passos", que sabe-se agora passam por uns dias de internamento para o Presidente.

Todos os outros elementos da família já realizaram o teste de diagnóstico, tendo acusado negativo.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e o candidato democrata na corrida às presidenciais, Joe Biden, também testaram negativo para a presença do coronavírus.