Internacional

Estádio nacional de Varsóvia vai servir de hospital para acolher infetados com covid-19

Doentes vão ser acolhidos em salas de conferências e espaços polivalentes.

Numa altura em que a Polónia enfrenta novamente um surto de covid-19, o governo do país revelou esta segunda-feira que uma das medidas a dotar será a utilização parcial do estádio nacional de Varsórvia para acolher doentes com o novo coronavírus.

“Serão disponibilizadas no estádio cerca de 500 camas, para receber pessoas que necessitem de ser hospitalizadas”, anunciou Piotr Muller, porta-voz do governo, em declarações ao canal de televisão Polsatnews. O responsável governamental pelo projeto, Michal Dworczyk, explicou que 50 das camas vão estar preparadas com equipamentos de cuidados intensivos.

O Estádio Nacional de Varsóvia tem capacidade nas bancadas para albergar 60.000 adeptos e foi construído para receber jogos do Euro2012 de futebol. Agora, vai acolher os doentes em salas de conferência e espaços polivalentes já a partir do final desta semana.

Ultimamente, a comunicação social polaca tem relatado que os hospitais do país estão a ficar sem camas, denunciado a má gestão dos serviços. Já na quinta-feira passada, o governo pediu à população que ficasse em casa e que escolhesse o teletrabalho para conter o aumento dos casos, que chegou a passar a barreira dos 9.000 novos infetados nos últimos dias.