Sociedade

Jorge Jesus nem sabia que tinha email e o Football Leaks não o preocupa

Em menos de 20 minutos, Jorge Jesus explicou que não sabia que tinha email no Sporting e, no final, quis saber quem é Rui Pinto.

Depois de várias tentativas de notificação por parte do Tribunal Criminal de Lisboa, o treinador Jorge Jesus foi finalmente ouvido no âmbito do processo Football Leaks. Num depoimento que durou menos de 20 minutos e na presença de Rui Pinto, o agora responsável pela tática benfiquista começou por responder à pergunta da procuradora da República Marta Viegas sobre as contas de email que teria quando era treinador do Sporting, às quais Rui Pinto terá conseguido ter acesso. “Não usava nem tinha caixa de email. Não sei se o Sporting criou essa caixa. Não utilizei, nem no Sporting, nem no Benfica, nem em lado nenhum porque eu não uso os emails dos clubes”, disse Jorge Jesus, citado pelo Observador. E acrescentou que apenas usa o seu email pessoal.

Jorge Jesus foi arrolado pelo Ministério Público, pela defesa e pelos assistentes como testemunha, mas o treinador admitiu não perceber o motivo pelo qual estava no Campus de Justiça, em Lisboa. “Nem sei porque é que estou aqui. É obrigatório estar aqui, é isso?” A juíza Margarida Alves explicou que Rui Pinto terá acedido ao seu email e, além disso, divulgado o seu contrato com o clube dos leões. 

“Nunca me preocupou, não tenho nada a esconder, nem valorizei. Para mim, nunca criou instabilidade. Não estava ali nada que não fosse verdade. Não sei o que a divulgação causou ao Sporting, sou treinador de futebol”, disse Jorge Jesus. E acrescentou, desta vez tratando a procuradora de forma informal: “Se é o teu contrato, não temes, tens de pagar os impostos como eu faço, mais de 50%”. 

Como em todas as sessões, a procuradora tem de colocar questões às testemunhas que já são habituais. E Jorge Jesus irritou-se com as últimas. Ao ser questionado se já tinha estado na Hungria, Jorge Jesus disse que visitou o país quando ainda era jogador do Sporting. Logo a seguir, a procuradora perguntou se tinha visitado Budapeste em 2015, ano em que Rui Pinto terá conseguido ter acesso ao email de Jorge Jesus. “Eu não falo português? Já disse que só estive em Budapeste uma vez, aos 19 anos, quando fui lá jogar”, respondeu Jorge Jesus. 

À saída ainda perguntou, a olhar para Rui Pinto: “É aquele menino ali?”