Sociedade

“A 4 de novembro estima-se que estejam internados 444 doentes em cuidados intensivos”, diz ministra da Saúde

No dia 28 de outubro, Marta Temido estima que possa ser "ultrapassado o máximo de doentes covid-19 hospitalizados em unidades de cuidados intensivos na primeira vaga, que foram 271".

A Ministra da Saúde, Marta Temido, revelou esta segunda-feira em conferência de imprensa transmitida em direto na página de Facebook do Serviço Nacional de Saúde que a 4 de novembro o número de doentes em unidades de cuidados intensivos pode chegar aos 444.

 "De acordo com estimativas e cálculos feitos pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge em colaboração com a Direção-Geral da Saúde e do Instituto Superior Técnico, a 4 de novembro estima-se que estejam internados em enfermaria 2634 doentes por covid-19 e 444 em unidades de cuidados intensivos", disse.

Mas já no dia 28 de outubro, quarta-feira, segundo a ministra, "projeta-se que seja ultrapassado o máximo de doentes covid-19 hospitalizados em unidades de cuidados intensivos na primeira vaga, que foram 271".