Sociedade

Nunca se diagnosticaram tantos infetados num só dia desde o início da pandemia no país

Portugal aproxima-se dos 4 mil casos diários por covid-19.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) revelou, no boletim divulgado esta quarta-feira, que foram confirmados mais 3.960 diagnósticos positivos de covid-19, aumentando para 128.392, o total de infeções registadas desde o início da pandemia no país. Este número de novos casos representa um novo máximo diário, assinalando-se assim, o pior dia da pandemia no país em número de infeções.

O balanço desta quarta-feira revela ainda que morreram mais 24 pessoas devido à doença nas últimas 24 horas. Destes óbitos, 11 ocorreram no Norte, oito em Lisboa e Vale do Tejo, quatro no Centro e um no Alentejo. No total já morreram 2.395 pessoas devido à covid-19 em Portugal.

A região Norte continua a ser a região com maior número de novos casos e, pelo segundo dia consecutivo, superou os dois mil casos, com 2.114 novas infeções. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, que soma mais de mil novos casos, com mais 1.105 infetados, o Centro com 558, o Alentejo com 110 e o Algarve com 53. A Madeira confirmou mais 15 diagnósticos de covid-19 e os Açores mais cinco.

O número de internados não para de aumentar e sobe, consecutivamente, há sete dias, não se tendo registado nunca um número tão elevado de doentes com covid-19 nos hospitais portugueses. Há agora mais 47 doentes internados, num total de 1.794. Destes, 262 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), mais 9 do que ontem – este é o quarto pior registo de doentes em UCI desde o início da pandemia, sendo superado apenas pelos números registados de 5 a 7 de abril, 267, 270 e 271, respetivamente.

O total de recuperados é agora de 74.001, mais 1.657 do que ontem.

As autoridades de Saúde têm 62.457 contactos em vigilância e há 51.996 casos ativos no país.

Consulte aqui o boletim na íntegra.