Internacional

Taxista sofre graves queimaduras ao acender isqueiro depois de desinfetar as mãos

Homem foi apanhado por "bola de fogo".

Um taxista sofreu graves queimaduras ao acender um isqueiro pouco depois de desinfetar as mãos.

De acordo com o Mirror, Brian Hutchinson, tinha acabado de deixar um cliente em Newcastle,  Inglaterra, quando decidiu desinfetar as mãos. Logo de seguida, o taxista, de 42 anos, apercebeu-se que tinha sido deixado um isqueiro no banco de trás do veículo. Ao testar o isqueiro para ver se funcionava, e com o líquido ainda húmido nas suas mãos, rapidamente se formou uma bola de fogo que lhe apanhou a cara e se espalhou para as pernas.

Brian sofreu graves queimaduras e teve de ser submetido a diversas cirurgias, durante as últimas sete semanas.

O homem relata o incidente como “ir ao inferno e voltar” e disse que entrou em choque antes dos paramédicos chegarem. Brian recorda-se que lhe foi dada morfina, mas que a dor era horrível quando o seu efeito passava.

O taxista enfrenta agora um longo período de recuperação e lembra que naquele dia utilizou uma mistura de diferentes desinfetantes para higienizar as mãos.

"Estava a comprar vários frascos diferentes e a colocar numa garrafa maior porque era mais fácil de colocar por ser taxista", disse.

Brian não pode trabalhar nos próximos tempos devido à recuperação e criou uma página de angariação de fundos, onde pede ajuda financeira para estes tempos mais difíceis.