Internacional

Pfizer anuncia que vacina contra a covid-19 mostrou ser "90% eficaz" nos ensaios

Farmacêutica quer pedir autorização de emergência para conseguir a vacina no final de novembro.

Os ensaios clínicos da vacina contra a covid-19 da Pfizer, publicados esta segunda-feira, demonstram que esta se revelou eficaz na esmagadora maioria dos casos.

A farmacêutica revelou que a vacina foi eficaz em mais de 90% dos casos, uma percentagem acima do inicialmente esperado, em que atuou na prevenção da doença.

A vacina da Pfizer, que está ser desenvolvida em conjunto com a alemã BioNTech, traz resultados animadores e a empresa admitiu que irá pedir uma autorização de emergência para conseguir a vacina no final de novembro, depois de concluídos todos os testes de segurança.

A empresa adiantou que até ao final do ano são esperadas doses suficientes para imunizar 15 a 20 milhões de pessoas.

Sublinhe-se que estes progresso também podem significar boas notícias para a vacina da Moderna,
que usa um método semelhante.