Internacional

Polícia que procurava criminoso sexual dirige-se à casa errada e dispara fatalmente sobre cão | Vídeo

Caso aconteceu nos Estados Unidos.

Um departamento de polícia no estado norte-americano do Arksansas está envolvido em polémica, depois de um inspetor disparar fatalmente no cão de uma família, na segunda-feira. O homem procurava um crimonoso sexual, mas acabou por se dirigir à casa errada.

Segundo a imprensa norte-americana, um porta-voz do Gabinete do Xerife do condado de Faulkner revelou que o inspetor James Freeman estava à procura de um criminoso sexual. No entanto, acabou por ir à casa errada e matou Clide, um cão de três anos, alegando que o animal começou a ladrar.

“Eu ouvi um tiro, e o polícia atirou no meu cão aqui no quintal por ladrar para ele. A minha namorada olhou pela janela, o cão não estava a atacar, o cão ladrava, no meu quintal, uma propriedade privada ”, disse Chris Coiner, o dono do animal.

O homem filmou os momentos que se seguiram ao incidente, e as imagens mostram-no a exigir saber o nome do inspetor, enquanto o cão está deitado, imóvel, no chão.

James Freeman diz que está a procurar por um homem chamado Samuel e diz-lhe a morada, o que leva Coiner a ficar furioso. “Ali, seu idiota! Saia da minha propriedade, seu filho da p***”, grita o homem.

Nas imagens surge uma mulher a chorar e a cuidar do animal, que está morto.

Segundo Coiner, Clide nunca tinha mordido em ninguém. O homem alega ainda que Freeman sabia que estava na casa errada e que tinha falado com um jovem de 14 anos na morada correta.

A polícia está a investigar o caso e o inspetor continua a trabalhar. Entretanto, as autoridades anunciaram que o homem que era procurado já tinha sido detido.

Atenção! As imagens que se seguem podem chocar os leitores mais sensíveis.