Sociedade

Nos últimos dois meses foram destruídos 264 ninhos de vespa asiática em Leiria, um registo "extremamente elevado"

Entre 1 de janeiro a 8 de dezembro foram destruídos cerca de 700 ninhos.


Nos últimos dois meses, os Bombeiros Sapadores de Leiria destruíram 264 ninhos de vespa asiática – um registo “extremamente elevado”, de acordo com o presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes.

“Nos últimos dois meses temos tido uma atividade intensa no combate à vespa velutina”, disse o autarca, citado pela agência Lusa, numa reunião do executivo municipal esta quarta-feira, em resposta a uma questão do vereador social-democrata Álvaro Madureira, que destacou a importância de se redobrar este trabalho, uma vez que os ninhos criam “certa perigosidade para as populações”.

De acordo com Gonçalo Lopes há “um esforço muito grande dos bombeiros” no combate à vespa asiática. “A resposta é relativamente rápida, mas o nível de ocorrências é este, estamos a falar de uma média de mais de quatro ninhos por dia em 60 dias. É um nível de intervenção elevado e os meios que estamos a empregar são elevados”, sublinhou.

À mesma agência noticiosa, o comandante dos Bombeiros Sapadores de Leiria, José Rito, revelou esta quinta-feira que, entre 1 de janeiro a 8 de dezembro, foram destruídos cerca de 700 ninhos de vespa asiática no concelho.

“A nossa prioridade é a destruição de ninhos em locais onde há aglomeração de pessoas, por exemplo escolas, serviços públicos, habitações, mas continuamos o trabalho no povoamento florestal”, garantiu, antecipando uma diminuição de ninhos desta vespa no próximo ano, porque os Bombeiros Sapadores de Leiria estão “a utilizar um produto químico sem impacto ambiental que permite a destruição de toda a colónia de vespas”.