Sociedade

Suspeito da morte de agente da PSP em Évora é guarda prisional em Sintra

Foi apanhado pela GNR junto ao estabelecimento prisional em Ranholas.

O homem detido esta madrugada pela GNR por suspeitas de ter atropelado um agente da PSP em Évora é guarda prisional no Estabelecimento Prisional de Sintra e tem 52 anos.

A informação foi confirmada pelo Comando Nacional da GNR, à agência Lusa, a mesma fonte adiantou também que o suspeito foi detido, "às 03h50, na freguesia de Ranholas, no concelho de Sintra (Lisboa), junto ao estabelecimento prisional".

O homem continua detido nas “instalações policiais”, não se sabendo quando vai ser presente ao juiz para primeiro interrogatório judicial sobre o atropelamento do polícia, de 45 anos, que na altura não estava de serviço e que acabou por morrer já no hospital na sequência do atropelamento.

Recorde-se que o agente estava a tentava impedir a violência de um homem contra uma mulher no sábado à noite, numa rua em Évora, quando foi atropelado pelo agressor.