Vida

Modelo conhecida como Kim Kardashian mexicana morre após cirurgia para aumentar os glúteos

Procedimento estético acabou por não correr bem.

Uma modelo e influencer digital, de 30 anos, conhecida como a Kim Kardashian mexicana, morreu depois de uma cirurgia para aumentar os glúteos.

Segundo a imprensa internacional, Joselyn Cano viajou para a Colômbia para realizar o procedimento estético. Contudo, a cirurgia acabou por não correr bem.

A modelo, que tinha mais de 12,8 milhões de seguidores no Instagram, vivia atualmente em Newport Beach, na Califórnia, apesar de ter nascido no México. A notícia da sua morte foi comentada por Lira Mercer, outra influencer, nas redes sociais esta semana, embora tenha ocorrido no passado dia 7 de dezembro. "Meu Deus, Joselyn Cano morreu na Colômbia a fazer uma cirurgia”,disse.

Entretanto também a família da modelo emitiu um comunicado: “Joselyn entrou nesta vida numa quarta-feira, no dia 14 de março de 1990. Ela entrou na vida eterna numa segunda-feira, dia 7 de dezembro de 2020”.

A imprensa internacional relata que o procedimento que resultou na morte de Joselyn Cano foi o segundo deste género feito pela modelo no últimos anos, e consistia na aplicação de silicone nos glúteos.