Internacional

Espanha aprova a eutanásia

Espera-se que a lei entre em vigor em abril.

A eutanásia foi aprovada em Espanha esta quinta-feira, com 198 votos no parlamento a favor, 138 contra e duas abstenções. A lei deve entrar em vigor a partir de abril do próximo ano.

“Hoje, impôs-se o bom senso e a humanidade”, afirmou o ministro da Saúde, Salvador Illa.

A lei estabelece que os doentes incuráveis ou pessoas em sofrimento físico e psíquico extremo têm o direito de receber assistência para porem fim à vida depois de pedir duas vezes de forma voluntária para morrer, com uma diferença 15 dias, pelo menos. A decisão depende ainda de um documento com informação detalhada da sua situação médica e das alternativas que tem ao seu dispor nos cuidados paliativos.

A norma deverá agora seguir para o senado, onde, de acordo com o jornal El Mundo, não deverão ser impostos entraves.

Em Espanha, a proposta foi apresentada pelo Unidas Podemos em 2017 e, depois, pelo PSOE em maio de 2018. Quando foi a votação, todos os partidos representados no parlamento votaram a favor, menos o Vox, UPN e PP.